BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Agressom machista a jovem árbitra

imagem

Especial Comissom Nacional da Mulher

Abril 2011

A semana passada, umha jovem arbitra, a única mulher arbitra da “província” de Lugo, foi agredida quando arbitrava um jogo de futebol de base de categoria masculina. Um dos jogadores insultou-na com termos machistas e questionando a sua legitimidade arbitral por ser umha mulher.

Este triste facto demonstra duas cousas. Por umha banda a fortaleça do patriarcado entre a juventude trabalhadora, e por outra banda, a eficácia da dominaçom ideológica e patriarcal como mecanismos de alienaçom do capitalismo. A diário, os meios de informaçom sistémicos fomentam entre a juventude trabalhadora multidom de valores individualistas, egoístas e insolidários, e alimenta atitudes e pensamentos machistas, racistas e heterossexistas, que som trasladados a todas as actividades e a todas as relaçons humanas da nossa vida, e como é óbvio, também ao desporto de base.

BRIGA vê necessário criar umha novo ócio e desporto juvenil, apoiado sobre os valores de solidariedade, autogestom e auto-organizaçom popular e participativo, que faga exercitar a capacidade criativa da juventude, e condene atitudes embrutecedoras. É necessário criar um desporto de base que sirva às mulheres como um espaço ondem luitar contra o patriarcado, e que possibilite a transmissom de valores e atitudes feministas entre a juventude.

Ver também o especial: Comissom Nacional da Mulher