BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Hoje é o Dia da Mulher Trabalhadora

imagem

Especial Comissom Nacional da Mulher

Março 2012

Este 8 de Março, Dia da Mulher Trabalhadora, virá acompanhado dumha manifestaçom nacional que diversas entidades feministas e sindicais convocam para o domingo 11 de Março em Compostela. Sob a legenda “Mulheres galegas em luita polos nossos direitos” esta mobilizaçom que sairá às 12h da estaçom de comboios da capital, tem como objetivo levar à rua a voz daquelas às quais nos afetam dum jeito especialmente severo as políticas antipopulares que do governo espanhol e da Junta estám a dirigir contra a classe trabalhadora.

Num contexto de crise do capitalismo em que a burguesia prepara a maquinária para aumentar a taxa de ganho através do incremento da exploraçom, este 8 de Março vem marcado por umha série de recentes ataques que tenhem umha nefasta repercussom sobre as mulheres. O retrocesso em matéria de direitos sexuais e reprodutivos materializado nomeadamente na proposta de reforma da Lei do Aborto, os recortes em serviços básicos como a sanidade e o ensino público ou a última contra-reforma laboral que tem as suas piores consequências sobre as mulheres e a juventude, som as principais medidas dirigidas a fortalecer o patriarcado, contribuindo assim a manter o sistema capitalista.

Como mulheres e como jovens temos ante nós umha difícil realidade, mas umha realidade imposta por quem obtém lucro da mesma, umha realidade possível de mudar e cujo cámbio está só nas nossas maos.

Já nom podemos mais ficar caladas, é o nosso dever rebelar-nos, ocupar as ruas para dar a conhecer que nom imos admitir mais agressons.

É por isto que as jovens organizadas em BRIGA chamamos a participar na manifestaçom do feminismo galego este 11 de Março, onde estaremos presentes reafirmando o compromisso com o nosso género e a nossa classe.

Como mulheres galegas e trabalhadoras continuaremos combatendo para alcançar o necessário futuro emancipado, livre das cadeias que nos impom o patriarcado e o capital.

Contra o patriarcado e o capital, as jovens em luita!

Viva o feminismo galego e de classe!

Viva o Dia da Mulher Trabalhadora!


Mural em Vigo

Mural em Vigo

Ver também o especial: Comissom Nacional da Mulher