BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

BRIGA apresenta VIII Jornada de Rebeliom Juvenil

imagem

Campanha Rebelar-se no presente. Revelar o futuro.

Julho 2012

A oitava ediçom da Jornada de Rebeliom Juvenil está em andamento. A juventude independentista, socialista e feminista de BRIGA está a trabalhar nos detalhes cara a organizaçom dum novo evento na véspera do Dia da Pátria.

24 de julho e Compostela, capital de Galiza, volverám ser a data e lugar onde decorrerám as atividades que convocamos, se bem começou já a cenificar-se por diversas comarcas do país a propaganda das mesmas. A rua como espaço de expressom prioritário para a juventude trabalhadora vai ser o referente durante estas semanas de verao.

Nom foi até 2008 que as Jornadas de Rebeliom Juvenil contárom com mobilizaçom dentro do seu programa de atividade. Nesse ano iniciou-se um percurso de marchas juvenis protagonizadas por BRIGA que alcançárom importante colorido à tarde e noite compostelanas. Porém, em 2009 e 2010 a polícia espanhola dissolvia de maneira violenta as manifestaçons realizadas polas ruas da nossa capital e, o ano passado a polícia impediu a sua saída pola primeira vez desde que começáramos a realizar as convocatórias independentistas do dia 24. Ante a gravidade da negaçom polos feitos, a golpes e detençons, da possibilidade de organizar umha mobilizaçom com garantias mínimas de ter sucesso, decidimos mover peça e colocar sobre o resto a questom primordial: o exercício público de manifestaçom juvenil durante a jornada de 24 de julho. Recorremos pois à única via que contempla probabilidades de a polícia espanhola nom interromper violentamente nos nossos atos. Solicitamos permisso à delegaçom do governo espanhol para a realizaçom desta marcha. Embora isto nom se traduça na total segurança de oferecer à juventude o direito de berrar pola independência a 24 horas do Dia da Pátria, sim podemos assegurar-vos a absoluta determinaçom de conseguirmos umha mobilizaçom com princípio e fim, com proclamas e alocuçom política, com mensagens claras e sem ambigüidades numhas condiçons que permitam a prática destes direitos.

A dia de hoje, ainda nom podemos concretizar o percurso e horário da marcha patriótica. Faremos-vo-lo saber pois durante estes dias, tam pronto como o soubermos.

Sim temos fechado o cartaz de grupos para os concertos. Mais um ano, e polo segundo coincidindo com a jeira de governo do PP na cidade, os impedimentos colocados pola prepotência de Conde Roa, agora Currás e companhia, vam deixar o parque de Belvis vazio. Optamos por transladar o lugar de festa e reivindicaçom ao campus sul da USC, nas proximidades da faculdade de Engenharia Química, numha localizaçom exata que nos preocuparemos por indicar durante o mesmo dia 24 para todos e todas aqueles/as que vos dirijades a Compostela, e que especificaremos também com indicaçons mais detalhadas neste mesmo portal nas vindouras horas. Os concertos começarám à volta das 23 horas.

Os grupos convidados som Rojo2, Sacha na Horta, Vendeta e Cuchufellos. A todos eles agradecemos o esforço que farám por amenizar-nos a noite até altas horas da madrugada que esperamos compartir convosco.

Chamamos a juventude rebelde a tomardes parte desta VIII Jornada de Rebeliom Juvenil, cujo sucesso será umha vitória que anotar no tabuleiro da Galiza que luita pola sua independência.

VIVA GALIZA CEIVE, SOCIALISTA E FEMINISTA!