BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Insultantes declaraçons políticas refletem polarizaçom social

imagem

Campanha Rebelar-se no presente. Revelar o futuro.

Agosto 2012

As surpreendentes declaraçons dum deputado na câmara legislativa espanhola polo Partido Popular de Ourense ao jornal espanholista La Voz de Galicia, onde reportava dificuldades para chegar a fim de mês com mais de 5.000 € em benefícios declarados, coincidem com mais umha modificaçom política do mesmo partido desde o governo de Madrid.

Enquanto o devandito Colharte, proveniente da patronal da construçom e da energia, manifesta problemas para manejar-se com tantos quartos, o PP imporá restriçons na percepçom mensal da ajuda de 400 €. Se bem prorroga esta ajuda, algo pouco menos que inevitável dado o contexto de pobreza para muitas famílias sem apenas ingressos, aplica-se a partir de agora um requisito que exclui milhares de jovens da sua percepçom. Numha unidade familiar, o cómputo das rendas do trabalho recebidas por cabeça nom poderá superar os 481 € (75% do ínfimo salário mínimo interprofissional) como requisito para a ajuda do chamado Plan Prepara. Incluem-se agora também, para realizar o cómputo, as rendas dos familiares ascendentes.

Isto promociona a dependência e a visom infantilista da juventude. Se na casa cobram, mesmo que for umha miséria, nós, jovens, ficamos sem ajudas. O nosso rol social funciona em relaçom directa com os familiares ascendentes, que nom padecem uns índices de desemprego tam elevados.

Esta dualidade entre o poder burguês e a debilidade económica da maioria social agudiza-se passeninho. Jovens em fogares pobres, sem trabalho, eventuais, com contratos parciais ou em "negro", currantes de muitas horas... nom podem aceder ao reparto da riqueza nem na mísera quantidade oferecida polo Plan Prepara. Mas sim o fam as empresas como Isolux Corsán, de cuja direçom provém o macaco Colharte, e que construem autênticos empórios com personagens afeitas a viver com milhares e milhares de euros fruto das numerosíssimas concessons recebidas polas administraçons públicas.

CONTRA A MISÉRIA DA JUVENTUDE OBREIRA!
CONTRA A PREPOTÊNCIA PATRONAL!
JOVEM: ORGANIZA-TE E LUITA!!