BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Dia internacional contra a violência machista

imagem

Especial Comissom Nacional da Mulher

Novembro 2012

Mais um ano chega o 25 de novembro e com ele a lamentável necessidade de ter que chamar a atençom para esta mácula social que é a violência machista.

O atual sistema patriarco-burguês tem na violência machista umha ferramenta que garante a sua perpetuidade. Desta violência depende a sustentaçom da situaçom de desigualdade entre homens e mulheres e é esta assimetria a que permite o mantimento do sistema capitalista que converte a mulher na produtora de força de trabalho social e na reprodutora psicossomática da mesma.

Na atual situaçom de crise do modo de produçom capitalista, a violência machista adquire dimensons renovadas e por trás dumha carouta de aparente amabilidade esconde um poderoso monstro cujas vertentes mais agressivas som mais difíceis de ocultar: assim pois, cada dia saem à luz mais assassinatos de mulheres a maos de homens, a expressom mais evidente e repulsiva do terrorismo machista.

Nom podemos obviar tampouco o papel que desempenham as instituiçons públicas, os meios de comunicaçom, o ensino..., que atuam como cúmplices abrindo o caminho a umha violência mais silenciosa e subtil que chega finalmente ao assassinato com total impunidade.

Saiamos às ruas e luitemos contra a vitimizaçom que as instituiçons tanto interesse tenhem em fomentar, e dotemo-nos das ferramentas precisas para poder afrontar a luita pola emacipaçom nacional e social de género com sucesso.

Mulher, organiza-te e luita!


Ver também o especial: Comissom Nacional da Mulher