BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Corunha multiplica resposta contra as touradas

imagem Agosto 2013

Centos de counheses e corunhesas mobilizrom-se antonte na mais populosa marcha antitaurina da cidade herculina. As classes populares corunhesas som cada vez mais conscientes de que os centos de milhares de euros esbanjados polo governo local nos ltimos anos de fracassadas feiras taurinas na cidade nom s nom compensam, mas representam um investimento que apenas se justifica na obstinada promoom de valores espanholistas, cruentos e machistas que nom tenhem acolhida, afortunadamente, no nosso Pas.

Ao igual que aconteceu em Ponte Vedra, onde a feira taurina tem porm mais assentamento polo apoio de setores reacionrios turistas e outros assentes na cidade, o movimento de resposta contra as touradas comea a colher foras na Corunha mobilizando o duplo de manifestantes que o ano passado e quatro vezes mais que nas primeiras citas. Atinge-se assim umha importante resposta nas ruas que o governo municipal e a imprensa sistmica e espanholista ingnorrom ou deixrom em segundo plano. Se bem nom pudrom ocultar imagens patticas de toureiros com "traxes de luzes" vitoreados por umha ridcula cifra de espetadores/as num dos recintos municipais mais grandes.

A militncia de BRIGA apoiou a marcha com a nossa presena por trs do cortejo independentista aberto por umha faixa de NS-UP em que se podia ler "Galiza livre de touradas". Reclamamos a ilegalizaom deste tipo de eventos dentro do territrio nacional e a perseguiom das empresas promotoras e puclicitantes como criminosas.

Este ano estimam-se em 93.000 os euros com que a populaom corunhesa vai premiar a celebraom desta classe de eventos graas ao seu estpido governo municipal. Negreira e as corporaons anteriores levam anos premiando estas celebraons, e deverm portanto responder pola misria que se espalha na nossa cidade, enquanto eles som cmplices dela, ativamente, por ter dado aos nossos quartos um destino insultante no canto de recuperar cidade, construir pas, e salvar da marginalizaom milhares de convizinh@s que, como mancheias de jovens, vagabundeiam pola Corunha sem expetativas dum futuro digno na nossa Terra.

STOP TOURADAS!
STOP ESPANHOLISMO!