BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Artigo de opiniom sobre os acontecimentos do 28 de Junho em Lugo

imagem

Julho de 2006

Reproduzimos o artigo de opiniom publicado no web de Siareir@s Galeg@s assinado por Diego Bernal, membro da Assembleia deste colectivo na Corunha, sobre os aconecimentos do 28 de Junho em Lugo na estrea da selecom galega de basquete e que trata a feroz manipulaom meditica da que foi objecto Siareir@s Galeg@s na Voz de Galicia.

Japoneses, litronas, basquete e radicais no verao lugus
Diego Bernal, membro da Assembleia de Siareir@s Galeg@s na Corunha

Japoneses, litronas, basquete e radicais som os ingredientes do ltimo prato preparado numha das cozinhas da manipulaom meditica mais afamadas da Galiza, servido desta volta para deleite dos inimigos de Siareir@s Galeg@s e da auto-organizaom juvenil em geral. E que este colectivo, que desde a dcada de noventa abandeira a defesa dos direitos da Galiza no terreno desportivo, foi a ltima vtima do jornalismo de investigaom da Voz de Galicia, que os "independentistas radicais", e nom s, tam bem conhecemos.

J o 29 de Dezembro os autoproclamados "jornalistas", numha demonstraom de ofcio que agradaria ao prprio Goobles, consegurom nom fazer qualquer referncia nas numerosas pginas que dedicrom ao Galiza-Uruguai sobre a presena ou intervenom de Siareir@s Galeg@s no estdio de Sam Lzaro. Logrrom durante mais dum ms, o que precedeu ao histrico primeiro jogo da selecom de futebol, esquivar dezenas de notas de imprensa informando das iniciativas e actividades de Siareir@s Galeg@s, que s lograrom rachar o muro de silncio em contadas edions locais. Evitrom referncia algumha mobilizaom convocada polo colectivo para exigir a oficialidade das nossas equipas e o concerto que decorreu a apenas cem metros do estdio que acolheu a necessria homenagem a Nacho.

Mas o exerccio que este meio praticara o passado 29 de Dezembro foi claramente aperfeioado com o galho do debute da selecom galega de basquete em Lugo. As crnicas dos dias posteriores debulhrom umha realidade virtual sobre o que l aconteceu utilizando todos os lugares comuns dos manuais de (des)informaom e manipulaom meditica mas inseridos num contexto que faziam da notcia mais inverosmil de costume. Assim topamo-nos com o clssico "independentistas radicais", definidos desta volta como jovens violentos com "litronas" de marca indefinida agredindo a populaom constitucionalista luguesa antes de assistirem ao Galiza-Japom de basquete.

A mesma Voz de Galicia, que junto com os outros meios ao servio do sistema levantrom um muro de silncio arredor de Siareir@s Galeg@s, tratatando assim de ocultarem que as selecons desportivas nom som qualquer capricho ou ocorrncia da Junta senom umha velha demanda deste colectivo e outras organizaons populares, dedicava a capa da ediom luguesa a umha fotografia em que esta vez sim apareciam claramente as faixas e sci@s de Siareir@s no Pavilhom Municipal. Mas nom apareciam para informar do nosso fundamental apoio s equipas galegas, tanto em Lugo como o dia seguinte em Vigo, senom para intoxicar e criminalizar, achegando umha imagem distorcida de Siareir@s Galeg@s em base a testemunhas que em nengum momento from contrastadas com nengum representante do colectivo.

Assim a Voz de Galicia organizou nos dias posteriores ao 28 de Junho um julgamento paralelo em que os dous jovens que vam ser processados eram culpveis de serem "independentistas" e polo tanto jovens violentos com "litronas". Nada se falava das provocaons dos dous elementos fascistoides, que nom s drom vivas a Espanha senom tambm chamrom "rojos" e "hijos de puta" s e aos que se dirigiam ao Galiza-Japom, numha clara atitude de chularia e prepotncia. Tampouco este meio falava da desproporcionada actuaom policial que mais umha vez converteu os provocadores em cidadaos de bem e a agredida torcida em carrascos. Polcia que a pesar de repartir paus urbi et orbi, deter umha pessoa e identificar outra se topou com a resposta serena e responsvel de Siareir@s Galeg@s que logrou evitar desviar a atenom do verdadeiro protagonista dessa jornada, a selecom galega de basquete.