BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

XVI Festival Mundial da Juventude e o Estudantado em Venezuela

imagem

Abril de 2005

Na primeira quinzena deste ms de Agosto de 2005 ter lugar na cidade de Caracas, na Venezuela, a celebraom do XVI Festival Mundial da Juventude e o Estudantado. Este evento o ponto de encontro para as mocidades das esquerdas revolucionrias de povos de todo o mundo, o foro em que se trocam as diferentes experincias polticas, as estratgias e luitas das mocidades da esquerda a nvel mundial. BRIGA quer fazer pblica a sua intenom de participar neste encontro poltico internacional, levando as posions da esquerda independentista galega e a sua prtica poltica s ruas da capital venezuelana. A celebraom desta ediom do Festival na Venezuela reveste especial importncia: O processo revolucionrio aberto neste pas com o triunfo da esquerda e o enfrontamento contra o imperialismo ianque e a ditadura das transnacionais fai deste festival umha data histrica, que ajudar a consolidar e reforar a legitimidade do governo popular, e que BRIGA nom pensa faltar. A seguir, reproduzimos na ntegra o manifesto feito pblico pola organizaom do XIV FMJE:

 

Para a Paz e a Solidariedade, luitamos contra o Imperialismo e a Guerra!

Juventude e ao Estudantado do Mundo Para o XVI FMJE em Caracas, Venezuela

A juventude umha das foras mais progressistas, radicais e dinmicas da sociedade. Incessantemente, a juventude a fora catalisadora da transformaom social e do progresso. O futuro de cada pas depende da acom conjunta dos jovens, o que os torna um dos principais alvos da globalizaom capitalista e da ofensiva ideolgica do imperialismo. A juventude desempenha um papel efectivo na luita contra estas ofensivas. Em todos e cada um dos pases h movimentos de resistncia contra o imperialismo, luitando por novos sistemas sociais que rejeitem a ideia de que o capitalismo a nica opom, e que apresentem o poder popular como alternativa real s polticas neo-liberais. As mobilizaons massivas e globais contra a guerra do Iraque, a ALCA e a NATO foram expressons de resistncia da juventude e dos povos.

Com a alteraom da correlaom de foras no mundo, as potncias imperialistas tenhem aumentado a sua agressividade, ao mesmo tempo que se unem mais nos seus ataques contra a humanidade e os recursos naturais. Para preservar e aprofundar a sua hegemonia, o imperialismo norte-americano e seus aliados lanrom uma cruzada militar contra todos os que a eles se oponhem, sob a capa da chamada "Guerra ao Terror" e da ameaa de armas de destruiom macia. Esta poltica tem resultado na ocupaom do Iraque, na sistemtica agressom Palestina e nos bloqueios econmicos e ameaas contra Cuba, Venezuela, Coreia e Sria; tem causado sofrimento em frica, em pases como o Saara Ocidental, o Sudm e o Zimbabu - pola imposiom de sanons e interferncias nos seus assuntos internos. A face verdadeira da agressom, da injustia e da barbrie tem levado militarizaom da sociedade e das economias contra o bem-estar dos povos.

@s jovens de todo o mundo tenhem sido vtimas dos efeitos das polticas imperialistas e neo-liberais de instituions internacionais como o FMI, a OMC, o G-8, a Uniom Europeia e o Banco Mundial. Simultaneamente o fosso entre ricos e pobres, pases desenvolvidos e subdesenvolvidos cresce cada vez mais. A exploraom, a fame, o desemprego, a falta de cuidados de sade, a pobreza e a misria continuam a aumentar, como resultado das medidas econmicas, polticas e militares do imperialismo, resultando em efeitos catastrficos para milhons de pessoas em todo o mundo.

De diversas formas, e por todo o mundo, a juventude tem luitado contra a exploraom, os bloqueios, os embargos, as sanons, a discriminaom racial e a xenofobia. Luitamos pola paz, pola soberania nacional, pola independncia, pola auto-determinaom dos povos, pola democracia, pola segurana, pola solidariedade internacional e por um mundo livre de armas nucleares. Exigimos o respeito e a defesa dos direitos humanos e democrticos, da justia social, dos direitos das mulheres, do desenvolvimento sustentvel e do ambiente. Exigimos para todos o acesso ao emprego digno e com direitos, educaom, a cuidados de sade, ao desporto, cultura e tecnologia.

O Festival Mundial da Juventude e do Estudantado (FMJE), iniciado em 1947, o maior evento organizado pola juventude e o estudantado progressista de todo o mundo. umha das maiores expressons da luita anti-imperialista, anti-fascista e anti-colonialista da juventude. Depois do sucesso do XV FMJE, na Arglia em 2001 - pola primeira vez no continente africano e na regiom rabe -, o XVI FMJE ter lugar em Caracas, na Venezuela, de 5 a 13 de Agosto de 2005.

O XVI FMJE afirma e refora o seu carcter de evento internacional, anti-imperialista e poltico-cultural das massas juvenis e estudantis. tambm umha oportunidade de expressar a solidariedade com a juventude e povo da Venezuela, a sua Revoluom Bolivariana e todos os povos em luita no mundo.

O XVI FMJE deve continuar a reflectir a diversidade e a riqueza de todas as expressons do movimento juvenil e estudantil internacional, que se revem no seu carcter e esprito, bem como as suas luitas e reivindicaons. O Festival ser um espao de troca de ideias e experincias, e uma plataforma para coordenar os nossos esforos e intensificar a luita em cada um dos nossos pases.

O XVI FMJE um grande momento para reforar a nossa acom, na base de causas e interesses comuns, intensificando a luita contra o imperialismo. Apelamos a tod@s @s jovens e estudantes para que se juntem nesta luita e trabalhem activamente para a participaom e o reforo do XVI FMJE.

Pola Paz e a Solidariedade, Luitamos contra o Imperialismo e a Guerra!
Vamos ao trabalho para um bem sucedido XVI Festival Mundial da Juventude e dos Estudantes em Caracas, Venezuela!

Braslia, Brasil, Junho de 2004