BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Guardia Civil persegue realizaçom de murais na Marinha e na Terra de Návia-Eu

imagem

Campanha 366 dias de dissidência. 366 murais de subversom

Maio de 2008

A campanha nacional “366 dias de dissidência. 366 murais de subversom” continua a um bom ritmo e acompanhada, tal como pronosticamos quando a iniciamos o 12 de Agosto do passado ano, de um intenso acosso policial.

O último episódio desta perseguiçom ao exercício da liberdade de expressom, vivímo-la nos Concelhos de Ribadeu e Veigadeu o passado Domingo 4 de Maio, quando um grupo de militantes de BRIGA foi o alvo do importante despregamento de efectivos da Guardia Civil com motivo do funeral, no dia seguinte, do ex-presidente espanhol Calvo Sotelo.

Além de umha identificaçom e denúncia por realizar um mural no centro da vila, governada em solitário polo BNG, com a legenda “Na Galiza em galego”, @s jovens ainda tiverom que aturar horas mais tarde a mais genuina chularia da Guardia Civil quando estavam a realizar um outro mural numha estaçom de comboios abandonada a poucos metros da fronteira administrativa com Astúrias. A pesar de que o mural estava a ser realizado num almacém abandonado a plena luz do dia, os agentes da Guardia Civil empregarom-se a fundo, ao melhor estilo dos filmes policiacos ianquis dos que seguro som afeiçoados. Após chegar ao lugar a toda velocidade e cum espectacular derrape, tentarom desde o primeiro momento intimidar aos jovens com ameaças que subirom de tom quando repararom que a legenda do mural era “Canha contra Espanha”.

A Guardia Civil retivo durante mais dumha hora aos militantes, tempo no que registrarom o carro a fundo e incautarom os moldes o todo o material, utilizado ou nom na realizaçom dos murais, que atoparom. A segunda retençom da jornada, rematou com umha denúncia por danos, por pintar no prédio abandonado, e por injúrias.

Duas novas denuncias que enfrentamos gostosos, conscientes de que neste pais, defender a liberdade de expressom nom é singelo.

Mural objecto da denúncia por danos e injúrias

Mural objecto da denúncia por danos e injúrias