BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

1º de Maio. Tempo de crise, tempo de luita!

imagem

Campanha Tempo de crise, tempo de luita

Abril de 2009

O capitalismo atravessa umha crise estrutural sem precedentes na história, que colocou ao sistema ao borde do colapso. A irracionalidade deste sistema injusto e predador afoga hoje mais do que nunca ao povo trabalhador e os ERE´s e feches de empresas e as permantes ameaças as conquistas da nossa classe som a resposta da patronal aos primeiros indícios da queda dos seus multimilionários benefícios.

A tendência à alça no índice de desemprego na Galiza aumenta a pasos agigantados. No primeiro trimestre do 2009 mais do 12% da populaçom está em paro, 32.400 som jovens (10.800 mais que em 2008) e o paro feminino no Estado espanhol é um 73% mais alto que a meia da Uniom Europeia.

No 1º de Maio, Dia do Internacionalismo Proletário, a hiper-exploraçom que sofremos a juventude trabalhadora tem que ser contestada. É hora de rebelar-se contra o saque das naçons oprimidas, a militarizaçom da sociedade, o recurte dos serviços sociais, as milhonárias injecçons de fondos públicos para o resgate da burguesia que provocou a crise.

É tempo de crise e, hoje mais do que nunca, é tempo de luita. @s moç@s operári@s somos o futuro mas também o presente dum movimento sindical que deve estar à frente do combate nacional e de classe contra as agresson do Capital.

O presente é escuro e o futuro impredecível, mas só há umha cousa certa, a única saida é luita para construir umha alternativa socialista, para construir um mundo melhor e mais justo. O 1º de Maio deve ser para a classe trabalhadora, o ponto de partida dumha nova geira de luitas que inexoravelmente deve rematar numha Greve Geral Nacional. @s jovens organizadas e organizados em BRIGA ponhemo-nos desde hoje maos à obra.

Mobilizaçons da CIG
Vigo, às 12h00 con saída desde a Doblada
Corunha, às 12h00 desde a Praça de Vigo
Compostela, às 12h30 desde a Praça Vermelha
Ferrol, às 12h00 com saida na Avenida do Esteiro
A Marinha, às 12h30 desde a Praça do Conde de Fontao (Foz)
Lugo, às 12h00 desde a Ronda da Muralha
Ourense, às 12h00 desde o Pavilhón dos Remédios
Ponte Vedra, às 12h00 desde a Praça da Ferraria

Ver também a campanha: Tempo de crise, tempo de luita