BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i42.jpg

Quase metade d@s trabalhadoras e trabalhadores galeg@s tem contrato em precário

Um estudo laboral recente da CIG revela que mais do 46% d@s trabalhadoras/es galeg@s reúne as condiçons básicas da precariedade, como som o contrato eventual, condiçons salariais que nom se correspondem com o pactuado e obriga de trabalhar mais horas das estipuladas sem cobrá-las. [...+]

not/i41.jpg

Solidariedade com @s jovens cataláns detid@s a passada terça

O passado dia 22 de Março tivo lugar umha acçom em Barcelona contra o deslocamento da empresa Miniwatt (Philips), em solidariedade com @s suas/seus trabalhadoras/es, que levam anos suportando recortes de pessoal, icrementos da velocidade na cadeia de montagem sem remuneraçom, suspensons de emprego e soldo por participar nas greves, etc...[...+]

not/i40.jpg

As forças da direita local de Ponte Vedra iniciam cruzada contra BRIGA

Durante os últimos meses, jornais como La Voz de Galicia ou o Diario de Pontevedra informavam dos "actos vandálicos" que se realizárom nos últimos meses em muros da cidade, afeiando a urbe e violando as normas de comportamento cívico, em palavras dos vereadores do PP. Recentemente, este partido da direita espanhola apresentou umha bateria de medidas para "acabar com a actividade d@s gamberr@s". [...+]

not/i39.jpg

Bem-vinda do Responsável Comarcal de NÓS-UP do Condado na EF´05

No acto de abertura, a sexta-feira 18 de Março, participárom a Responsável Local de AGIR em Salvaterra de Minho e o Abrám Alonso, que em nome da Assembleia Comarcal de NÓS-UP deu as bem-vindas às/aos participantes na Escola a umha comarca, o Condado, ejemplar na tradiçom de luita e insubmissom a Espanha, o Capital e o Patriarcado. A seguir reproducimos o discurso de bem-vinda do Responsável Local de NÓS-UP do Condado, Abrám Alonso, no acto de abertura da Escola de Formaçom´05. [...+]

not/i38.jpg

Crónica e imagens da Escola de Formaçom´05

A passada fim de semana tivo lugar a Escola de Formaçom´05 organizada por AGIR e BRIGA em Salvaterra de Minho. O encontro iniciado por AGIR na primavera do 2004 e à que BRIGA se somou nesta ediçom desenvolveu-se baixo o previsto nesta comarca do sul do país. O convívio, a formaçom e a reflexom fôrom as companheiras do mais de meio centenar de jovens galeg@s que no Condado levamos a cabo as diversas actividades do programa.[...+]

not/i36.jpg

Protesto diante do prédio do COF em Compostela

Várias jovens militantes de BRIGA concentrárom-se ante o Centro de Saúde de Fontinhas, Compostela, em protesto polo desleixo na atençom por parte das trabalhadoras do Centro de Orientaçom Familiar (COF) situado neste prédio. A concentraçom rematou com a realizaçom dumha pintada na fachada do Centro exigindo umha atençom digna no COF.[...+]

not/i35.jpg

BRIGA no Dia da Classe Obreira Galega

A militáncia de BRIGA participou com faixa própria na manifestaçom do Dia da Classe Obreira Galega convocada pola CIG em Ferrol. Na manifestaçom que partiu da estátua dedicada à memória de Amador Rei e Daniel Névoa[...+]

not/i34.jpg

BRIGA participa das mobilizaçons do 8 de Março

Este 8 de Março, Dia da Mulher Trabalhadora, BRIGA participou em diversas concentraçons e manifestaçons que a Marcha Mundial de Mulheres tinha convocadas ao longo da Galiza. Centos de mulheres saímos mais um ano à rua para denunciarmos a discriminaçom laboral que as mulheres sofremos reclamando [...+]

not/i33.jpg

Já na rede o especial da Escola de Formaçom´05

Desde hoje já se pode consultar toda a informaçom sobre a Escola de Formaçom´05 no especial das páginas de AGIR e BRIGA. Nele encontrarás tanto o programa completo como os contactos para te poderes apontar a este encontro juvenil independentista que decorrerá entre os dias 18 e 20 de Março em Salvaterra do Minho. [...+]

not/i32.jpg

BRIGA dedica um especial no web à solidariedade com SEGI

O recente esperpento vivido na Audiência Nacional polos 42 jovens independentistas basc@s e a conseqüente reposta do povo basco tomando a rua para denunciar tal despropósito voltam deitar luz sobre o retrocesso dos direitos democráticos que os súbditos do Estado espanhol sofremos nos últimos anos e especialmente as novas geraçons mais rebeldes, alvo principal da repressom espahola.[...+]