BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i1347.jpg

Escándalos de corrupçom em Compostela exigem respostas unitárias solicitando a demissom de Currás e da Corporaçom Municipal

Ante as novas imputaçons de mais três vereadores/as da Cámara municipal compostelana, já som 10 em 13 os membros da equipa de governo do PP que se vem envoltos em escándalos de corruçom e fraude, tornando-a completamente ilegítima para continuar governando a cidade. BRIGA já tem denunciado esta situaçom repartindo a nossa folha agitativa comarcal (Pedra Vermelha) por toda a cidade e destacando o paradoxo de termos um governo municipal que sistematicamente se vê implicado em casos de espólio ao povo enquanto desemprego juvenil e repressom dos movimentos sociais nom deixam de crescer. A gravidade da situaçom exigiu aliás, o artelhamento dumha resposta unitária de tal jeito que entidades sociais, políticas e sindicais pugemos em andamento umha campanha dirigida a forçar a demissom do alcaide Currás e a dissoluçom da Corporaçom Municipal. [...+]

not/i1346.jpg

24 de Outubro. Greve por um ensino público galego

Amanhá toda a comunidade educativa da Galiza está chamada a secundar umha greve contra a nova Lei Orgánica do ensino no Estado espanhol, impulsionada e aprovada polo Partido Popular em solitário, e auspiciada entre outros pola Conferência Episcopal espanhola e diversas setas nacionalcatólicas de aroma franquista. A esquerda independentista, através da sua organizaçom estudantil, AGIR, leva vários dias promovendo conjuntamente com os outros dous sindicatos estudantis da esquerda nacional, Comités e LEG, umha resposta conjunta de parámetros patrióticos e remisos à espanholizaçom e o recentralismo madrileno. O trabalho de difusom da crítica à reforma alcumada de LOMCE polas suas siglas, nom rematará com a jornada de mobilizaçom estudantil de amanhá que se prevê massiva. AGIR tem iniciado umha campanha nacional em que a explicaçom das formulaçons catequéticas, antigalegas, reacionária[...+]

not/i1345.jpg

Contra a repressom da juventude basca: solidariedade!

A juventude abertzale transita por um enêssimo processo de perseguiçom jurídica que se salda com o postulamento mediático de 40 jovens como presunt@s terroristas por terem pertencido à organizaçom juvenil SEGI. Esta organizaçom fora ilegalizada no seu dia pola Audiência Nacional Espanhola ao considerá-la parte da organizaçom armada basca ETA, declarando-a terrorista e ameaçando toda forma de intervençom política da juventude basca da esquerda independentista. A dia de hoje, após um ponto de inflexom na realidade política de Euskal Herria, o Estado espanhol parece ter mui claro que o pau continua a ser a sua ferramenta de cego neste quarto obscuro, do que nom dá saído, que é o labirinto basco. Incapaz de encontrar umha outra alternativa ao [...+]

not/i1344.jpg

AGIR coloca esquerda independentista na luita estudantil

A organizaçom estudantil do Movimento de Libertaçom Nacional Galego, AGIR, acabou de pôr na rua umha ambiciosa campanha nacional que pretende promover a autoorganizaçom entre o estudantado mobilizado a respeito das políticas elitistas, privatizadoras e espanholistas dos governos espanhol e autonómico. A campanha leva por palavra-de-ordem "Há que combatê-los. Hoje mais que nunca, é tempo de agir!" Esta autoorganizaçom inspira-se nos princípios estratégicos do feminismo, o independentismo e o socialismo que desde há mais dumha década estám na base do projeto da organizaçom estudantil. Ao longo das próximas semanas, AGIR pretende deste jeito chegar a milhares de jovens que começam um ano lectivo marcado pola resposta popular a Wert e a Jesús Vasques[...+]

not/i1343.jpg

Intervençom de BRIGA no Dia da Galiza Combatente

Reproduzimos o conteúdo da intervençom de Eva Cortinhas, em nome da Mesa Nacional de BRIGA, no XIII ediçom do Dia da Galiza Combatente que decorreu na Praça da Constituiçom de Redondela, aonde vári@s jovens militantes e simpatizantes da nossa organizaçom nos achegamos para apoiar o ato de NÓS-Unidade Popular. Agradecemos à organizaçom política o seu convite. Malia o genuíno dia outonal que fijo, com chuvas quase treboentas, à volta dum cento de pessoas participárom no comício político, na oferta floral na praia de Cesantes frente à ilha de Santo Simom, e no jantar de confraternizaçom no mesmo concelho.[...+]

not/i1342.jpg

Retençons policiais em Compostela

BRIGA quer fazer denúncia pública da perseguiçom policial a que estes dias se está a ver submetida a nossa militáncia na capital do País. Na Compostela de Pokémon, onde a corrupçom é parte da normalidade democrática de consumo preferente, a juventude rebelde tem problemas para expressar-se porque a polícia nom tem nada melhor que fazer. Ou talvez sim tenha, mas nom seja a prioridade dos seus dirigentes. Os servos mais fiéis do sistema, os servidores dos corpos de repressom, tenhem provocado estes dias longas retençons de vári@s companheir@s a pé de rua. Acusad@s de colarem cartelaria ou de realizar pintadas, qualquer argumento é válido para coartar a iniciativa daquelas e aqueles que nom ficarem na casa a ver apodrecer a sua cidade, o seu país, e o seu futuro.[...+]

not/i1341.jpg

BRIGA participa do Dia da Galiza Combatente em Redondela

Amanhá decorre em Redondela o ato central do Dia da Galiza Combatente, organizado como cada ano nestas datas pola organizaçom política NÓS-Unidade Popular. A entidade patriótica decidiu homenagear este ano a luitadora antifranquista e revolucionária galega-cubana Maria Araújo, vítima do fascismo espanhol e combatente sem trégua pola pátria soberana e a emancipaçom social e de gênero em Cuba, tendo sido partícipe da constituiçom da Federaçom de Muheres Cubanas. Maria Araújo, natural de Carril, encarna-se hoje em dúzias de ativistas que ao longo do país incorporam o seu exemplo a esse historial dumha Galiza insubornável que sempre, sempre, sempre existiu. Hoje 12 de outubro, celebraçom espanholista herdada do racismo imperialista da Espanha grande que aniquilou milhares de culturas polo mundo adiante, Galiza está na vêspera dum dia de reflexiom sobre o muito que temos contribuído desde este extremo de Europa à emancipaçom do gênero humano, começando por nós própri@s.[...+]

not/i1340.jpg

A Pé de Rua 24: Dia da Galiza Combatente

Há umha Galiza que combate dia a dia pola sua sobrevivência. O combate é cada vez mais evidente e tem um componente de classe cada vez mais reconhecível. Essa Galiza luitadora está na juventude que se bate por nom perder a vivenda ou por aceder a umha; por gozar de independência económica com um salário digno para poder emancipar-se sem ter que emigrar. Umha Galiza jovem que se revolve contra a normalidade autonómica como vimos na manifestaçom independentista de passado 24 de julho, erguendo a simbologia patriótica contra a Espanha machista, burguesa e inimiga dos povos.[...+]

not/i1339.jpg

28S: Pola soberania do nosso corpo

O 28 de setembro, Dia de Açom Global por um Aborto Legal, Seguro e Gratuito, está-se assentando na agenda do feminismo galego como umha jornada de luita em que saimos à rua para demonstrar que nom ficaremos paradas ante a reduçom dos nossos direitos, que luitaremos até conseguirmos a plena soberania sobre os nossos próprios corpos.[...+]

not/i1338.jpg

Apoio internacionalista à juventude rebelde castelhana no #28S

Várias organizaçons juvenis da esquerda independentista mostramos apoio internacionalista ao povo castelhano no seu dia de luita contra a monarquia o vindouro 28 de setembro, e em especial à juventude rebelde organizada em Yesca.[...+]