BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i947.jpg

AGIR denúncia julgamento político a vários estudantes

A web da organizaçom estudantil da esquerda indepentista informa do julgamento á vári@s estudantes da USC para os dias 13 e 15 de Dezembro. Os factos que se imputam ocorrérom durante os protestos estudantís contra a presença da política profissional Maria San Gil nas instalaçons universitárias durante a campanha eleitoral à Comunidade Autónoma Basca. AGIR denunciou na altura que se esbanjassem cartos públicos cada vez mais escassos na USC para trazer a semelhante elemento, conhecido pola sua defesa pública das torturas legáis e o estado de excepçom de baixa intensidade em Euskal Herria Sul. [...+]

not/i946.jpg

A Constituiçom espanhola é a nossa ruína. A juventude galega pola independência!!

Nos dias cercanos à comemoraçom do trigésimo segundo aniversário do fraudulento referendo das sagradas escrituras, a juventude organizada em BRIGA procedeu a sabotar em distintos concelhos do país várias placas e monumentos dedicadas à Constituiçom espanhola para mostrarmos o nosso rechaço ao texto que nos nega como naçom, permite a nossa exploraçom como classe e nos submete como mulheres.[...+]

not/i945.jpg

Reproduzimos o discurso de BRIGA no acto contra a Constituiçom espanhola de Nós-UP

A Constituiçom espanhola aprovada em 1978 e graças a qual se institucionalizaçou a opressom da Galiza assim como a exploraçom da sua classe trabalhadora foi respostada polas militantes e simpatizantes do MLNG, tal e como anunciavamos, na cita programada em Vigo pola organizaçom política da esquerda independentista galega, Nós-UP sob a palavra de ordem “Nem autonomia, nem constituiçom. Galiza pola Independência”.[...+]

not/i944.jpg

4D_BRIGA participará no acto político de Nós-UP “Nem autonomia, nem constituiçom. Galiza pola independência”

Com o galho da denúncia sobre o aniversário da impossiçom na Galiza da Constituiçom bourbónica BRIGA participará no mitim-concentraçom organizado por Nós-Unidade Popular o vindouro sábado 4 de Dezembro.[...+]

not/i943.jpg

O Grupo de Base de Vigo continua campanha propagandística sob temática feminista

Durante este mês de Novembro, o Grupo de Base de BRIGA em Vigo continuou a desenvolver a sua campanha agitativa e propagandística cores da rebeliom juvenil dirigida, desta volta, às jovens trabalhadoras, à necessidade da articulaçom de um feminismo combativo e de classe e à denuncia do terrorismo machista [...+]

not/i942.jpg

Várias jovens boicotam a figura do Papa Bento XVI em Compostela

Segundo fomos informad@s através do nosso correio nacional várias jovens boicotárom a figura do Papa Bento XVI recentemente colocada em Compostela. Polo seu interesse reproduzimos, na íntegra, o comunicado emitido:[...+]

not/i941.jpg

Somos mulheres nom princesas!!!

As jovens organizadas em BRIGA queremos denunciar a campanha que a Conselharia de Igualdade e Participaçom Cidadá do Concelho da Corunha levou avante com o galho de umha data referencial para a luita feminista como é o 25 de Novembro, Dia Internacional contra a violência machista. Mais umha vez o Concelho da Corunha evidência o seu interesse por incentivar os mecanismos de opressom do sistema patriarcal, fazendo uso dos suportes publicitários [...+]

not/i940.jpg

Acto da Rede Feminista Galega: “Fouces contra a violência machista”, o 27N em Compostela

De novo a Rede Feminista Galega sairá a rua. Desta volta para denunciar nom só ao terrorismo machista mais descarnado se nom também a rendabilidade económica e política que as instituiçons estam a tirar no nomem de um feminismo falso que tem como finalidade última a desmobilizaçom do movimento feminista galego[...+]

not/i939.jpg

Inauguraçom em Vigo do Centro Social comunista LUME!

BRIGA saúda a inauguraçom do centro social comunista LUME! no bairro do Calvário de Vigo que terá lugar o vindouro sábado 27 de Novembro. Nas suas próprias palavras “LUME! quer promover o dinamismo no bairro e na cidade na que se insere, o associacionismo obreiro e de base,[...+]

not/i938.jpg

25 de Novembro: Quando agridem a umha, agridem-nos a todas!

patriarcado e as instituiçons burguesas que o sustentam. Aprovou-se a lei de despenalizaçom do aborto, umha lei insuficiente, que nom supom um verdadeiro avanço nas liberdades sexuais e de decissom sobre os nossos corpos. [...+]