BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i777.jpg

Origens do Dia internacional contra a violência machista

O 25 de Novembro consolidou-se já como umha data obrigada e referencial no calendário do movimento feminista mundial, mas o por quê de escolher este dia segue a ser pouco ou nada conhecida. Obviamente a responsabilidade nom é outra que essa ánsia patriarcal de manter à história das mulheres na escuridade e no silêncio, é pois, o nosso dever dar-lhe luz e voz aos nossos referentes. O Dia internacional da luita contra a violência machista xurde de um acordo entre as participantes no Encontro Feminista Latino-Americano e das Caraibas [...+]

not/i776.jpg

Cámara municipal proibe magusto popular em Compostela

O Concelho de Compostela (PSOE-BNG) obrigou a cancelar o Magusto previsto por BRIGA e AGIR na Praça 8 de Março para a noite de hoje, quinta-feira dia 12. Segundo os serviços administrativos do Concelho da capital, a petiçom teria-se realizado com falha na forma mas, curiosamente, responde ao mesmo modelo empregado sempre pola organizaçom juvenil BRIGA para realizar com sucesso em anos anteriores umha celebraçom similar. O departamento de Casco Histórico denegou pola primeira vez em anos a formalidade do permiso para ocupaçom de via pública[...+]

not/i775.jpg

BRIGA e AGIR organizam magusto em Compostela

O já tradicional magusto da juventude compostelana terá lugar a próxima quinta-feira dia 12 desde às 20h30 na praça do 8 de Março, onde tod@ aquele/a que se achegue poderá desfrutar de castanhas de balde, pam, chouriços e música tradicional ao vivo. Com esta iniciativa @s jovens e @s estudantes organizad@s na cidade querem contribuír a um outro tipo de ócio popular e de base[...+]

not/i774.jpg

Palestra antimilitarista na Corunha

A próxima sexta-feira 13 de Novembro BRIGA organiza umha palestra na Corunha com o título A juventude galega e a luita antimilitarista, que decorrerá no CS Gomes Gaioso (rua Marconi, nº 9, rés-do-chao, Atochas, Monte Alto). O Grupo de Base da cidade herculina procura assim chamar a atençom sobre a necessidade que tem a juventude galega de negar-se a formar parte da indústria militar estatal, um dos sosténs básicos do sistema capitalista e à vez umha das causas directas da sua actual crise. [...+]

not/i773.jpg

Três jovens condenad@s a 9.000 euros por exibir faixa contra a BRILAT

A sentença foi-lhes notificada esta semana: 3.000 euros de multa cada um/umha por desplegar umha faixa na que se podia ler "Stop juizos políticos, BRILAT fora!". Saldava-se assim a portagem repressiva da campanha levada avante por BRIGA em 2008, com o intuito de denunciar o julgamento de três antimilitaristas que em 2006 participaram no boicote a um posto de captaçom desta unidade militar na Alameda de Ponte Vedra. [...+]

not/i772.jpg

Galiza à cabeça em ascenso do paro no Estado espanhol

Maliá as armadilhas para maquilhar as cifras de desemprego que ideou o bipartido antes da perda das eleiçons, a cifra é dumha contundência esmagadora: As 8.458 pessoas que perdêrom o seu trabalho no passado mês de Outubro duplicárom a média estatal. A queda de filiad@s à Segurança Social ainda quadruplica os valores do estado, e o número de jovens (menores de 25) oficialmente sem médio algum para viver atingiu os 22.371, dos quais mais de 10.000 som mulheres.[...+]

not/i771.jpg

Governo espanhol emprega crise para militarizar a juventude

O executivo espanhol está a demonstrar que a crise só supom vantagens para os interesses do capitalismo na Galiza. Os recordes de paro e o retrocesso nas condiçons de vida servem de escusa nom só para multiplicar o ganho obsceno de banca e empresas, mas também para normalizar a imposiçom do estado policial e a militarizaçom social. Os recentes dados publicados sobre o aumento de petiçons solicitando a entrada no exército espanhol na CAG som escalofriantes.[...+]

not/i770.jpg

Despregue policial para proteger a actuaçom do homófobo cantante Sizzla

“Homofobia na sala Capitol”, “A concelharia defende a homofobia”, “Misogínia na sala Capitol” ou “Matar a um maricom, nom é liberdade de expressom” fôrom algumhas das palavras de ordem que se berrárom na mobilizaçom da passada sexta-feira em Compostela contra o concerto do cantante jamaicano Sizzla. Após 20 minutos do começo da concentraçom na praça do Toral um maçizo número de pessoas dirigírom-se à sala Capitol[...+]

not/i769.jpg

Concentraçom contra a lesbigaitransfobia em Compostela

Como era de aguardar nem a Cámara Municipal, nem a Sala Capitol fijo o mais mínimo gesto para que ao apologeta do terrorismo homófobo Sizzla se lhe impedisse actuar hoje em Compostela. A pressom dos colectivos sociais que nos últimos dias estam a movilizar-se foi ignorada, fazendo ouvidos surdos ao sentir maioritário que exigia nom conceder nengum espaço à lesbigaitransfobia na Galiza.[...+]

not/i768.jpg

Continua agitaçom em Vigo contra a ordenança do botelhom

O Grupo de Base de BRIGA em Vigo segue denunciando na rua a tentativa da Cámara Municipal de "limpar" à juventude dos seus lugares de reuniom durante a noite no casco velho da cidade. A seguir reproduzimos o texto da nova folha agitativa presente nas ruas viguesas: A ordenança contra o botelhom que está a levar a cabo o Concelho de Vigo apostando pola sua probiçom na praça do Bervés e na zona de vinhos, [...+]