BRIGA, organizaçom juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gráfico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i426.jpg

Ciclo de cinema juvenil em Ponte Vedra

A quarta-feira dia 19 terá lugar no Teatro Principal às 20:00 da tarde a primeira projecçom do ciclo de cinema juvenil que BRIGA e Cineclube organizam para início deste curso político, nos meses de Setembro e Outubro no Teatro Pincipal. As temáticas tocadas nas diferentes fitas abordam temas como as drogas, a sexualidade, as relaçons afectivas e sexuáis, a depauperaçom juvenil, o poder adulto, etc, constituindo um espelho de muitos dos problemas reais que a juventude tem nesta altura também na Galiza.[...+]

not/i425.jpg

Já na rede cadernos de XERFAS ediçons

Já estám disponíveis na secçom documentos do nosso sítio web os cadernos editados por XERFAS ediçons. Até o de agora só podiam ser descarregados as ediçons correspondentes a colecçom de Resoluçons Congressuais, adicada aos documentos dos Congressos da organizaçom, mas como novidade já disponibilizamos os cadernos das outras duas colecçons, a de “Ferramenteas de formaçom e luita” e “Referentes para a rebeliom juvenil”, que até hoje só podiam ser adquiridas na sua ediçome em papel.[...+]

not/i424.jpg

366 dias de dissidência. 366 murais de subversom

A realidade nom mente. Pode ser mascarada, tergiversada ou ocultada polos amos do sistema, mas sempre está aí para quem tiver os instrumentos necessários e a vontade para conhecê-la e transformá-la. De nom termos os instrumentos necessários para a sua transformaçom, por muito empenho que ponhamos careceremos de pontaria à hora de tomarmos decisons, golpearemos umha e outra vez um muro que nom seremos quem de derruir, porque erraremos à hora de analisarmos o que é que está a ocorrer nessa realidade que nom mente, mas que está maquilhada e pervertida para benefício dos que tenhem o poder, com o objectivo de nos confundir e anular.[...+]

not/i423.jpg

Em marcha campanha dos 366 murais de subversom

Desde o passado 12 de Agosto, coincidindo com a queda em combate do jovem patriota e comunista galego Moncho Reboiras, BRIGA puxo em andamento umha ambiciosa campanha de agitaçom que tem como objectivo a realizaçom de 366 murais reivindicativos. A campanha, que se desenvolve sob a legenda “366 dias de dissidência. 366 murais de subversom”, finalizará o 12 de Agosto de 2008 com a realizaçom do mural 365 num acto público.[...+]

not/i422.jpg

Disponível na rede o novo número do XERFAS

BRIGA aproveitou as jornadas do 24 e 25 de Julho para pôr na rua o terceiro número do seu vozeiro nacional e desde já está também disponível na rede. Continuando com a linha dos números anteriores esta revista de formato original dirigida à juventude trabalhadora galega é distribuída de forma gratuita nos lugares de encontro da mocidade. Manifestaçons, concertos, centros sociais, bares... serám alguns espaços aonde chegará a voz da malta revolucionária. [...+]

not/i421.jpg

Novo Centro Social independentista nasce na Corunha

Um novo “espaço plural e de confluência para @s que luitamos pola independência da Galiza” que tem o intuito de se converter “em mais um ponto de referência para a cultura operária e transgressora” está a ser gestado na cidade herculina tal e como tenhem feito público nas últimas semanas o grupo de pessoas impulsionador desta iniciativa. A luita polo socialismo, a aboliçom do patriarcado, o reintegracionismo lingüístico e o monolingüismo social ou o ecologismo som alguns dos aspectos assinalados polos responsáveis deste novo centro social corunhês no seu cuidado blogue recentemente inaugurado e cuja visita recomendamos. [...+]

not/i420.jpg

Comunicado em solidariedade com a Revira

Na passada sexta-feira 10 de Agosto o Local Social da Revira de Ponte Vedra, situado na rua Arcebispo Malvar, era alvo dum ataque fascista ao ter sido incendiada a sua porta durante a madrugada. De BRIGA queremos expressar a nossa total solidariedade e apoio aos companheiros e às companheiras do Centro Social pontevedrês, cuja contínua actividade a prol da construçom nacional da Galiza só pudo ser respostada por estes elementos fascistas deste jeito, próprio de quem olha com impotência como o independentismo cresce e tem presença pública permanente na cidade. [...+]

not/i419.jpg

Referentes para a rebeliom juvenil. Moncho Reboiras

Coincidindo com o aniversário da morte do jovem patriota e comunista galego Moncho Reboiras, XERFAS ediçons pom na rua o primeiro dumha série de quadernos que sob o título “Referentes para a rebeliom juvenil” adicaram-se a figuras ou feitos referencias para a mocidade revolucionária galega. O primeiro desta série de cadernos está adicado a Moncho Reboiras e consiste num pequeno texto no que tentamos aportar às e aos jovens militantes que hoje se achegam à luita nacional e social de género às chaves para entender a este personagem, que “em apenas umha década de activismo e militáncia política, logrou fazer-se cum destacado oco na memória d@s jovens galeg@s que hoje erguemos a bandeira da luita e o combate.”[...+]

not/i418.jpg

BRIGA com a liberdade de expressom em Ferrol

Desta volta as ameaças e extersons aos que nos tenhem acostumado a AVT e o Partido Popular nom surtirom efeito, e o concerto dos italianos Banda Bassotti decorreu, tal e como estava previsto, o passado Sábado 11 de Agosto em Ferrol. Militantes do Grupo de Base de BRIGA em Ferrol distribuírom no concerto um panfleto denunciando a campanha protagonizada pola extrema-direita para impedir a celebraçom do concerto e o normal desenvolvimento das festas de Ferrol e um colante com a legenda “Fascismo nunca mais! Paremos ao PP e a AVT!. Defendamos a liberdade de expressom”, que tiverom umha mui boa acolhida entre @s mais de 1500 assitentes ao concerto.[...+]

not/i417.jpg

Intervençom na homenagem a Moncho Reboiras

“Que importa que nos matem se deixamos semente de vencer” e “prefiro morrer de pé que viver ajoelhado” som duas frases que há tempo que @s jovens revolucionári@s galeg@s levamos tatuado no nosso espírito de luita. Porque @s revolucinári@s nom ficamos apenas com estes dous slogans ditos por ícones esvaziados de conteúdo polos que sempre soubérom que era impossível matá-los por muitas balas que receberam. Para nós, moços e moças da esquerda independentista galega dizer Moncho Reboiras é dizer compromisso, esperança, insubmissom. Berrar Che Guevara é berrar entrega, valentia, superaçom. [...+]