BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i71.jpg

Trs militantes de BRIGA from detidos quando tentavam derrubar a esttua de Milln Astray

Hoje 18 de Maio às 9:00 h três militantes da organizaçom juvenil da esquerda independentista BRIGA fôrom detidos quando tentavam derrubar a estátua de Millán Astray na praça do mesmo nome na cidade da Corunha. [...+]

not/i68.jpg

BRIGA adire aos actos do 14 e 15 de Maio na defesa da lngua

BRIGA quer mostrar umha grande satisfacçom pola continuidade de iniciativas mobilizadoras e festivas para o Dia das letras Galegas e adire às reivindicaçons normalizadoras feitas públicas polas entidades convocantes da manifestaçom reintegracionista deste domingo 15 de Maio. Perante a alarmante situaçom de saúde da nossa comunidade lingüística apenas a aposta polo trabalho de base pode dar à longa os frutos desejados. A manifestaçom convocada é umha boa mostra de qual deve ser o espaço de luita do reintegracionismo. [...+]

not/i62.jpg

Comunicado de BRIGA em relaom com os factos do 1 de Maio em Vigo

No dia de hoje, os principais meios de comunicaçom do sistema tenhem dado umha versom interessada, deturpada e falsa do acontecido ontem, 1º de Maio, na cidade de Vigo. É por isso que BRIGA vê-se na obriga de fazer públicos os factos que acontecêrom durante o percorrido da manifestaçom. BRIGA quer denunciar o papel desinformador, falso, interessado e intoxicador que meios como La Voz de Galicia, El Correo Gallego, a Ser e muitos outros tenhem jogado após o acontecido. [...+]

not/i52.jpg

Processam a militantes de BRIGA por colar cartazes da Escola de Formaom

Três militantes vam ser processados por publicitarem a organizaçom da Escola de Formaçom conjunta de BRIGA e AGIR, realizada no passado mês de Março. A comunicaçom da apertura do processo tinha a inconfundível marca da polícia espanhola, que devia empregar umha nova normativa criada pola "Real Academia Española", já que, que nós saibamos, a Escola de Formaçom´05 nom foi em "Salvaterra do Monho". [...+]

not/i49.jpg

BRIGA contra a proposta de infravivendas do governo espanhol

A terça passada, a ministra de Vivenda do governo espanhol María Antonia Trujillo apresentou umha proposta que supostamente resolveria as grandes dificuldades que temos os moços e as moças para acedermos a umha vivenda e independizarmo-nos economicamente [...+]

not/i48.jpg

BRIGA desenvolver umha intensa campanha contra o desfile do 29 de Maio na Corunha

Nos vindouros dias BRIGA porá na rua a campanha contra o desfile militar que terá lugar na Corunha o 28 de Maio. A campanha, de carácter nacional, centrará-se principalmente nas cidades mais militarizadas do nosso país, é dizer Ponte Vedra, Ferrol e a própria Corunha. A seguir reproduzimos o texto da campanha na íntegra [...+]

not/i31.jpg

BRIGA solidariza-se com o militante da AMI represaliado

O dia 28 de Março será julgado em Compostela um militante da AMI, acusado de ter feito parte na série de acçons de sabotagem levadas a cabo em Dezembro de 2002, em plena emergência do movimento social criado à volta do afundimento do Prestige. Os objectivos fôrom sedes bancárias e empresas com investimentos no negócio do petróleo[...+]

not/i26.jpg

BRIGA ante o debate da liberdade sexual

A finais do mês de Janeiro, o portavoz da Conferência Episcopal espanhola afirmou por primeira vez em toda a história do catolicismo que considerava legítimo o emprego do condom "numha estratégia global de combate ao SIDA", contradizendo a totalidade dos posicionamentos da Igreja até a data sobre este tema[...+]

not/i18.jpg

BRIGA solidariza-se com a juventude basca represaliada

Há umha semana que o fiscal da audiência espanhola Enrique Molina fijo pública a sua petiçom de 654 anos de cárcere para 42 moç@s basc@s independentistas, militantes das organizaçons juvenís Jarrai, Haika e Segi, sucesivamente. Tod@s eles/as som acussados de pertencerem a organizaçons vinculadas a ETA. [...+]

not/i11.jpg

Por um trabalho digno para @s jovens

No passado mês de Novembro, a Junta da Galiza pujo em marcha umha campanha pola prevençom dos riscos laborais. Na propaganda com a que nos bombardeiam mostram-se operári@s e empresários colaborando junt@s num projecto comum, unid@s polo mesmo objectivo: reduzir os riscos no trabalho. No anúncio, a Junta pretende subir ao mesmo barco quem sofre os efeitos da sinistralidade laboral (@s trabalhadoras/es) e quem os provoca.[...+]