BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

12-O: A juventude galega nom celebra

imagem Outubro 2011

Mais um ano, o conjunto do espanholismo mais ranoso, a casta poltica sobmetida aos interesses da burguesia que nos explora, os nostlgicos fascistas que nom contentes com este sistema pseudo-franquista pretendem voltar ao holocausto do povo trabalhador, e todo um exrcito repressor que guarda polas armas a "indisolvel unidade da Espanha" ameaando as nossas nsias de independencia e garantindo a economia de mercado, o feroz sistema capitalista atualmente em crise, combinam para celebrar o assassinato de milheiros de pessoas, para festejar o incio do seu imperialismo, das naons da amrica aps o sobmetimento das naons oprimidas polo daquela "Reino de Castela". Na Galiza a famosa "Doma e castraom".

Ns, a juventude rebelde galega, na Galiza do sculo XXI, nom temos nada que celebrar. Este desfile militar, este dia de "festividade" s representa a necessidade imperiosa do espanholismo por manter vivo o seu projeto nacional, demonstrar que j assassinou homens e mulheres para impor a sua identidade e o seu sistema de escraviitude, para atormentar todos os anceios de liberdade que, como o nosso, muitos povos nesta crcere chamada Espanha tenhem. E um insulto nossa naom e ao nosso povo trabalhador, umha sria ameaa para os jovens que, alis, neste contexto de agudizaom da crise capitalista obtemos mais eventualidade nos nossos contratos, precariedade, misria e emigraom enquanto eles falam de polticas de austeridade mas nom se importam com reservar algo de dinheiro (d@s trabalhador@s) para festejar a sua "Festa Nacional". Nom temos nada que celebrar, nem a sua corrupom, nem o seu "chauvinismo". Temos que destroar esses pilares, organizar-nos por tombar este sistema caduco e este estado imperialista.

hora de nom ficar impassveis, submissos. Som dias para demonstrar, mais umha vez, que ns nom somos Espanha, que o nosso projeto nacional revolucionrio outro. O nosso combate, a nossa luita, a mesma que os povos latinos e caribenhos figrom e fam hoje diariamente, seja contra o imperialismo espanhol ou contra o americano. A juventude revolucionria da Galiza organizada em BRIGA estamos polo socialismo, por umha naom galega sem exploraom, de homens e mulheres livres. Eis porqu a juventude nom pode ficar imvel, devemos organizar-nos e mostrar o nosso firme compromisso com a revoluom e a de todos os paises dominados polo imperialismo.

COM ESPANHA NUNCA MAIS!

12-O NADA QUE CELEBRAR!