BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Contra a precariedade laboral e a impunidade da patronal. Amador e Daniel, a luita continua

imagem

Maro de 2007

Som muitos os motivos que tem a juventude trabalhadora galega para sair rua. Os contratos-lixo, a precariedade laboral, a falta de segurana, os salrios de misria, as contnuas mortes nos nossos postos de trabalho, o machismo contra o que as trabalhadoras temos de luitar diariamente... e umha longa lista de razons mais.

O capitalismo na actual fase neoliberal rouba aos jovens o seu tempo de lazer, a sua alegria, a sua vitalidade e apenas lhes d em troca da sua fora de trabalho apuros a final de ms, infra-vivendas para ratos, depressons e doenas mentais...

vez O capitalismo fomenta o consumismo irracional para nos manter entretid@s, pretende acabar com a solidariedade e o companheirismo inerentes nossa classe, classe trabalhadora, para nos poder ir destruindo quando nom nos precisar, para nos botar no lixo quando necessite aumentar o seu benefcio. Quer jovens individualistas, que apenas pensem em si prprios, acrticos, que s vejam a sua TV e leiam os seus jornais, machistas, que colham bebedelas o fim-de-semana e nom se auto-organicem nem tomem conscincia de sim prprios.

Os Amancios Ortega, os Tojeiro, os Juan Fernndez querem jovens trabalhadores porque sabem que vam trabalhar para eles, querem cidadaos de bem para que ningum ouse chimpar-lhes todo o que levam roubando durante anos, querem jovens espanhis, que esqueam a lngua galega e o livre direito do nosso povo autodeterminaom porque nom querem que Espanha, o seu mercado, seja roto por ningum.

Querem que esqueamos que fazemos parte de umha naom oprimida, Galiza, e que fazemos parte de umha classe, a classe obreira. Querem que nom sintamos orgulho por isto e que esqueamos os nomes de Daniel e Amador e as razons que os levrom a perder a vida. Mas ns nom esquecemos. Por muito que o intentarem nunca esqueceremos que Amador e Daniel from assassinados pola polcia espanhola, o brao armado da burguesia, que eram galegos e from assassinados por serem trabalhadores conscientes, por luitarem polos legtimos direitos de todos ns.

Hoje rendemos-lhes homenagem da melhor forma que o pode fazer um revolucionrio. Saindo rua e berrando alto e claro polos direitos da classe trabalhadora galega e luitando dia a dia por um Estado galego, socialista e nom patriarcal.

Amador Daniel a luita continua!!
Viva o Dia da Classe Obreira Galega!!
Independncia, socialismo e morte ao patriarcado!!