BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

PSOE mostra o seu verdadeiro talante

imagem

Janeiro de 2008

Nos ltimos dias assistimos a umha alarmante escalada repressiva comandada polo PSOE.

Trs membros de Causa Galiza que solicitaram a permissom oportuna para fazer umha manifestaom autodeterminista na cidade de Vigo from multadas com 600 por pessoa. A Delegaom do Governo espanhol acusa-as de ter permitido que ao final da manifestaom uns encarapuados queimaram umha foto em tamanho real do monarca espanhol.

Igualmente, tal e como informamos neste web quatro independentistas que foram detidos umha hora depois desta manifestaom, acusados de serem os autores da queima do retrato do rei, from chamados a declarar nesta tera-feira 29 de Janeiro polo juiz da Audincia Nacional Grande Marlasca.

No Norte do Pas foi detido Carlos Cela Seoane, este vizinho da Corunha muito conhecido por regentar um pub na rua do Orm, o Faluya, lugar de encontro da gente de esquerdas, e polo seu compromisso com os movimentos sociais da comarca. Carlos sempre tinha as portas do seu bar abertas a qualquer tipo de colaboraom com colectivos, centros sociais, organizaons... No Sul do pas a Guarda Civil detinha Jos Lus Fernandes Rodrigues, alcunhado Che, tambm um popular vizinho vigus que era membro da associaom de vizinhos do seu bairro e muito querido pola gente da zona. Ambos from acusados de serem membros legais dos GRAPO. Porm, nengumha arma foi encontrada nas suas casas. Tam-pouco importou muito ao partido do talante que o segundo dos detidos fora paraplexico e, portanto, por razons bvias incapaz de militar num comando legal de umha organizaom militar. Depois do seu passo pola Audincia Nacional, os dous galegos from acusados de prosselitismo e o esperto Ministro do Interior espanhol declarou que era umha detenom preventiva.

Todo o mundo sabe que um estado de direito caracteriza-se polo facto de as pessoas serem julgadas polos factos e nom polas ideias. Todo aponta a que o que aconteceu contra estes dous militantes comunistas foi todo o contrrio.

No entanto, todas estas agressons estm a ser enfrentadas com valentia e determinaom polo nosso povo na rua. Assim um autocarro com destino a Madrid sair desde Galiza para mostrar a solidariedade com os quatro militantes independentistas acusados de injrias Coroa. Tambm nos ltimos dias duas manifestaons denuncirom as detenons dos vizinhos de Corunha e Vigo.

S a resposta revolucionria galega pode parar a repressom espanhola.