BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas

Apresentaçom do manifesto solidário exprime apoio aos três jovens julgad@s

imagem

Especial Nom mais julgamentos a antimilitaristas

Fevereiro de 2008

Dossier entregado na rolda de imprensa
A passada sexta-feira 1 de Fevereiro, BRIGA apresentava em Ponte Vedra o manifesto solidário com @s três jovens antimilitaristas numha conferência de imprensa à que acudírom vários meios de comunicaçom.

A apresentaçom realizava-se no CS A Revira, após terem sido descartados os lugares nos que estava previsto realizar-se por causa dos múltiplos impedimentos colocados. O primeiro deles, no caso da Galeria Sargadelos, que negou o seu espaço para a realizaçom da conferência. O segundo e muito mais sangrante, a Faculdade de Belas Artes, que a umha hora do evento avissava de que a sala, e qualquer outra, estavam ocupadas. Estes comportamentos som umha demonstraçom de que os intelectuais que gerem estes espaços estám muito mais preocupados de conseguir subvençons e prestígio nos seus elitistas círculos culturalistas que de colaborar com a legítima denúncia da supressom aos direitos básicos de liberdade de expressom, que polo demais conta com um sólido e maioritário apoio da esquerda da cidade.

E assim se desprende do apoio de 12 colectivos e das mais de 130 pessoas e activistas sociais que a nível individual assinárom o texto. Os sectores mais conscientes da esquerda local aderirom solidariamente a um manifesto que denúncia a repressália penal da liberdade de expressom que se pratica quando o alvo das críticas som instituiçons como o exército ou a monarquia, assim como o papel indiscutivelmente mercenário, assassino e neofascista que cumpre o exército espanhol na Galiza.

Amanhá pola manhá terá lugar o juizo no que três jovens serám julgados por um direito que hoje se paga caro, o de romper o silêncio e deixar ao nú a verdade: a democracia dura enquanto dura a obediência.