BRIGA, organiza�om juvenil da esquerda independentista

Loja Virtual
Arquivo Gr�fico
correio-e:
Compartilhar
Actualizada em
14/01/14
novas
not/i941.jpg

Somos mulheres nom princesas!!!

As jovens organizadas em BRIGA queremos denunciar a campanha que a Conselharia de Igualdade e Participaçom Cidadá do Concelho da Corunha levou avante com o galho de umha data referencial para a luita feminista como é o 25 de Novembro, Dia Internacional contra a violência machista. Mais umha vez o Concelho da Corunha evidência o seu interesse por incentivar os mecanismos de opressom do sistema patriarcal, fazendo uso dos suportes publicitários [...+]

not/i940.jpg

Acto da Rede Feminista Galega: Fouces contra a violncia machista, o 27N em Compostela

De novo a Rede Feminista Galega sairá a rua. Desta volta para denunciar nom só ao terrorismo machista mais descarnado se nom também a rendabilidade económica e política que as instituiçons estam a tirar no nomem de um feminismo falso que tem como finalidade última a desmobilizaçom do movimento feminista galego[...+]

not/i939.jpg

Inauguraom em Vigo do Centro Social comunista LUME!

BRIGA saúda a inauguraçom do centro social comunista LUME! no bairro do Calvário de Vigo que terá lugar o vindouro sábado 27 de Novembro. Nas suas próprias palavras LUME! quer promover o dinamismo no bairro e na cidade na que se insere, o associacionismo obreiro e de base,[...+]

not/i937.jpg

Nova campanha nacional: A por mais umha GREVE GERAL!!

A seguir reproduzimos o conteúdo da nova folha agitativa nacional de BRIGA Em pé de rua. Esta folha de agitaçom política, dirigida a toda a juventude rebelde galega, dará começo à nova campanha nacional intitulada A por mais umha greve geral na qual BRIGA integra a luita de classe, nacional e feminista com a decidida aposta por continuar com a socializaçom da extrema urgência que tem convocar mais umha greve geral na Galiza em defesa dos interesses classe trabalhadora galega.[...+]

not/i936.jpg

Agitaom contra a visita do Papa

Achegamos umha pequena mostra da campanha de agitaçom e denúncia que a juventude rebelde organizada em Briga realizou nas ruas galegas, especialmente nas de Compostela, com motivo da visita do líder integrista católico à nossa capital. Umha visita que veu a multiplicar os efectivos do já de por si deproporcionado estado policial que conlevou o negócio do invento do Ano Jacobeu.[...+]

not/i935.jpg

A juventude clamou Good Bye Ratzinger!

Nom é a primeira vez, e decerto nom será a última, que a celebraçom de determinados eventos som impostos no nosso País a golpe de estado policial e propaganda desinformativa. Nesta década que expira numhas semanas encontramos numerosos exemplos: [...+]

not/i934.jpg

4N_Brutalidade policial na defesa do integrismo catlico

Mália a má organizaçom que precedeu a convocatória da concentraçom contra a visita do Papa católico a Compostela, a resposta na Alameda às 20,30 horas por parte de mais de 200 pessoas, deu mostra do sentimento generalizado na localidade de adesom à campanha gestada arredor da sucedida palavra-de-ordem "Eu nom te espero".[...+]

not/i933.jpg

Rede Feminista Galega convoca concentraom contra o Ratzinger

BRIGA chama a participar na concentraçom convocada pola Rede Feminista Galega contra a chegada do Papa Bento XVI à capital galega. A mobilizaçom terá lugar amanhá, Sábado 6 de Novembro, às 11h na Praça da Galiza. Com a desproporcionada carga policial que tivo lugar na tarde do 4 de Novembro volta evidenciar-se a falta de democracia na Galiza [...+]

not/i932.jpg

Na rua Desobedincia, o n 1 do Vozeiro Comarcal de Vigo.

O Grupo de Base de Vigo editou o primeiro número do seu Vozeiro Comarcal, que leva o nome de Desobediência. @s jovens organizad@s em BRIGA elegemos a palavra Desobediência para o nosso vozeiro porque a Rebeldia, a Desobediência, o Desafio e a Protesta contra a ordem de cousas existente, contra a exploraçom assalariada, contra a opressom nacional, contra a dominaçom sexo-económica da mulher,[...+]

not/i931.jpg

Papa Bento XVI, FORA DA GALIZA!!

Em 6 de Novembro o Papa Bento XVI vem visitar à Galiza. Em plena crise capitalista, quando os nossos direitos laborais e sociais estam sendo atacados continuamente, e os recortes na inversom pública som cada vez mais selvagens, as instituiçoms espanholas e o governo de Feijoo, encarregan-se de fazer um gasto público de 4 milhons de euros para pagar a visita do pontífice. Graças ao qual agudiçara-se aínda mais o estado de sítio no que se atopa a capital galega [...+]